terça-feira, 28 de julho de 2009

Um comentário:

Guilherme Póvoas disse...

Excelente, ilustra bem a fraqueza dos seres humanos diante de uma peste.